Viuva de Naim

Alisson e Neide

Compositor: Não Disponível

Jesus se aproximava na frente do caixão
Uma mulher gritava
Minha alma está sentindo uma grande dor
Estou muito angustiada
E eu de longe observei e dela então me aproximei
Tu bem sabes que meu marido faleceu
E agora o meu filho também morreu

Senti uma íntima compaixão, então eu parei aquele caixão
E logo alguém me perguntou, mas quem é esse pro velório
Para! Vocês não entendem o mistério, então me preocupei
Pro erro arrumar e Jesus
Olhando dentro dos meus olhos pra mim falou
Mulher não chore

E ela respondeu como não chorar?
Meu filho, meu único filho morreu
Mulher tu não tá sabendo
Que quem contigo esta conversando
Eu estou me apresentando sou o dono da vida

No caixão me aproximei
E com o morto eu falei, ei! Levanta!
E o menino levantou, e começaram a me perguntar
Quem é esse que a vida dá
O velório se acabou, meu choro se tornou em alegria
Eu entreguei a sua mãe
E agora eu vou responder vou lhes dizer quem sou

Eu sou aquele que na quele dia o pão multiplicou
Na festa transformei a água quando o vinho acabou
E no quarto dia lázaro ressuscitou, toquei
Nos olhos de um cego e ele enxergou
Uma mulher tocou na minha orla
E curada ficou
Fui crucificado mas ressuscitei
Fui até o inferno a chave da morte
Eu tomei, fui falar com o Pai e com ele conversei
Envio meu espírito santo para meu povo
Fica, pois ele sozinho agora não vou deixar
Eu sou, eu entro, eu mando, eu faço, desfaço
E abalo, eu dou a vida, e tiro a vida
Eu sou o leão da tribo de Judá
Que não tem demônio que possa me enfrentar
Até leproso eu posso curar
Levante tua mão para me adorar
Eu sou o leão da tribo de Judá

Eu sou o leão da tribo de Judá!

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital